A edição de Maio do Grand Hyatt Wine Club apresenta os novos queridinhos do universo enogastronômico: os Vinhos do Novo MundoAustrália, África do Sul, Estados Unidos, países jovens cuja produção de vinhos vêm conquistando adeptos ao redor do globo, vêm inovando com o uso de tecnologia e modernas técnicas na produção de diferentes rótulos – todos se consagrando mais a cada ano.

Nas regiões consideradas como Novo Mundo, a produção de vinhos teve seu principal desenvolvimento a partir dos anos 70 e, por isso, o processo sofreu uma grande influência da modernização de técnicas agrícolas com foco maior nos tipos de uva e nas diferentes formas de vinificação. Estes produtores reagem melhor à demanda do mercado e alterações climáticas, por exemplo. Sem dúvida, trata-se de um grupo de vinhos diferenciados, capazes de gerar um evento exclusivo só para a temática.

 

De modo geral, no Novo Mundo os vinhos são mais intensos, com maior coloração, sabor e aroma. Os produtores destes países buscam criar rótulos que já saiam das vinícolas prontos para o consumo, fáceis de beber e, normalmente, sem muita guarda e barrica. Prática essa que inspirou o Grand Hyatt, que decidiu facilitar o acesso ao evento promovendo o Grand Hyatt Wine Club – Vinhos do Novo Mundo, tanto em São Paulo quanto no Rio de Janeiro.

 

Quer conhecer um pouco mais sobre a produção de vinhos nos países considerados do Novo Mundo?

* AUSTRÁLIA

Atualmente, o país é considerado o 4º maior exportador de vinhos do mundo, com 65 regiões próprias para a produção de vinho e mais de 2400 vinícolas. Um dos rótulos mais aclamados é o Shiraz, famoso mundialmente. Além disso, uma das marcas mais antigas de vinho pertence à Austrália, tendo seu nascimento em 1850.

* ÁFRICA DO SUL

A África do Sul é conhecida por apresentar vinhos com características muito semelhantes às dos Vinhos do Velho Mundo, pois sua produção vinícola remonta ao começo do século XVII. O país está entre os 10 maiores produtores do globo e apresenta uma grande diversidade de terroirs. A produção da uva Pinotage é uma das mais celebradas do país, resultando em vinhos tintos intensos e bastante encorpados, com um aroma muito característico.

* ESTADOS UNIDOS

Os Estados Unidos, assim como o continente africano, apresentam um amplo e diversificado território, o que proporciona terroirs bastante diferenciados. Com a tecnologia como um de seus principais aliados, as vinícolas americanas são conhecidas pela produção de uvas como Merlot, Pinot Noir, Syrah, Zinfandel e Sangiovese, Sauvignon Blanc, Riesling, Viognier e Pinot Gris. Uma das principais áreas de destaque é a região da Califórnia, responsável pela produção de quase 90% dos rótulos do país.

Outros países, como Argentina e Chile, também são considerados importantes produtores do Novo Mundo. Em Setembro 2017, uma edição especial do Grand Hyatt Wine Club – Vinhos da América do Sul celebrará também esses aclamados produtores.

 

Quer conhecer mais sobre os Vinhos do Novo Mundo?

Não perca a edição de maio do Grand Hyatt Wine Club nos hotéis Grand Hyatt em São Paulo e no Rio de Janeiro:

 

Informações e reservas:

www.pacoteshyatt.com.br

São Paulo: 11 2838 1234

Rio de Janeiro: 21 3797 1234