O mundo está repleto de lugares bonitos e muitas vezes acabamos ignorando obras-primas da natureza para revisitar cidades pelas quais já passamos inúmeras vezes. Para você que vai entrar em lua de mel, ou simplesmente você que quer explorar o mundo, criamos a série “Lugares incríveis que você precisa conhecer”! Um roteiro de viagem que começa do outro lado do planeta e percorre as mais belas maravilhas da natureza até chegar de volta aqui na América do Sul!

Para começar nossa jornada, a gente desembarca em Melbourne na Austrália para uma noite de descanso no Grand Hyatt Melbourne. O hotel fica localizado no coração da cidade próximo a teatros, cinemas e ao lado do Victorian Arts Centre e do Zoológico de Melbourne. Após curtir esta bela cidade australiana, seguimos para o nosso primeiro destino: um belíssimo lago da Austrália, o Lago Hillier. Um lago que tem pouco mais de meio quilômetro de extensão e sua água totalmente rosa! Isso não se trata de nenhum desastre causado pelo homem, já que em 1802 quando o lago foi descoberto por Matthew Flinders ele já era assim. Não há uma explicação científica comprovada para este fato, mas o mais provável é que isso seja o resultado da reação da água salgada com um depósito de bicarbonato de sódio na região. Independente da causa, o lago não deixa de ser belíssimo.

Lago Hiller - Austrália

Lago Hiller - Austrália

Imagens de Ockert Le Roux

Seguindo nossa viagem, a gente vai em direção ao norte até chegar ao Japão. Por lá também podemos contar com um Grand Hyatt para descansar depois de longas horas de voo. O Grand Hyatt Tóquio. Construído no centro empresarial e comercial da capital japonesa, o hotel também está próximo a ótimas opções de lazer por fazer parte do Roppongi Hills, o maior projeto de desenvolvimento urbano privado do Japão.

Após passar uma noite nesta renomada metrópole, podemos explorar as maravilhas nipônicas. Encontramos uma que chamou particularmente nossa atenção! A floresta de bambu de Sagano. Localizada próximo de Kyoto, a floresta cobre uma área de aproximadamente 16 km². As pessoas quem passaram por aqui dizem que o som causado pelos ventos que sopram através das árvores de bambu é incrível e que o ambiente fica encantador com a iluminação dos raios de sol que atravessam as árvores do bambu. Os sons nós não conseguimos reproduzir, mas as imagens do local você confere abaixo.

 Imagem de Yuya Horikawa

 Imagem de Publistorm

Nossa ultima parada por hoje é em um belíssimo parque de flores situado também no Japão. O encantador Hitachi Seaside Park, que está localizado em Hitachinaka e é um ponto turístico bastante famoso no país pela beleza de suas flores.  O parque cobre uma área de 3.5 hectares e em cada estação do ano aparece de uma forma diferente para seus visitantes. A época mais procurada pelos turistas é a estação em que as flores se abrem. Essa fase é chamada de “Nemophilia Harmony” e nela 4.5 milhões de flores desabrocham deixando o parque ainda mais lindo e colorido! Por lá você também pode encontrar uma grande variedade de tulipas e também ciclovias para aproveitar melhor a natureza durante sua visita.

Hitachi Seaside Park - Japão

 

Imagens de nipomen2

Na próxima etapa de nossa viagem seguiremos em direção ao oeste passando por algumas belezas da Ásia e mostrando para você os mais belos locais deste continente. Até lá!