Continuando as sugestões de vinhos do Novíssimo Mundo – Nova Zelândia, Austrália e África do Sul, aproveitamos o clima de comemoração para fazer uma lista de 3 vinhos especiais para o seu final de ano!

Pinot Noir

Uva tinta oriunda do vale da Borgonha na França; entrega vinhos suaves e elegantes, precisa de climas frios e temperaturas baixas para nos entregar todo o potencial que tem. Possui aromas de frutas vermelhas como morango e cereja, notas de terra úmida e champignons.

Esta uva é uma excelente eleição na hora de harmonizar, pois tem a particularidade de ser uma boa opção para quem não gosta de beber vinhos brancos e além disso, pelo fato do tinto ser mais leve, é uma opção também para quem quer beber vinho tinto mas com menos astringencia e taninos mais suaves e elegantes.

Atualmente nos países denominados do Novíssimo Mundo, estão sendo produzidos excelentes exemplares com esta uva e hoje nos focaremos em lhes mostrar dois excelentes Pinot Noir de Nova Zelândia e um da África do Sul.

De Wetshof, Dukesfield, Pinot Noir 2010, África do Sul

Importadora Mistral

Da região de Robertson, na Província Ocidental do Cabo, e obra do enólogo Danie de Wet, este Pinot Noir da África do Sul, destaca pelas suas notas de frutas vermelhas como o morango e framboesas, que se torna um pouco mais matura quando oxigena o vinho. Possui uma ótima acidez no início da boca.

É uma boa opção pela relação preço-qualidade. Harmoniza bem com carnes leves como: peixes, carnes brancas e porco. Também recomendamos harmonizar com massas que utilizam pouco tempero; servir a 15 graus.

Vinícola: The Whetshof, DukesfieldRegião: Robertson, África do SulUva: Pinot Noir (100%)Teor Alcoólico: 14%Maturação: 2 anos

Preço: R$ 60

 

Sileni, Cellar Selection, Pinot Noir 2009, Nova Zelândia.

Importadora Mistral 

Pinot Noir da região de Hawke’s Bay, na ilha norte de Nova Zelândia.

Ao degustar, encontramos fruta vermelha, mas destaca principalmente os seus aromas a fruta preta e notas a fungí e champignons, na boca apresenta uma boa acidez e um retrogosto agradável. É um vino fácil de beber, com uma maturação de 2 ou 3 anos.

Este vinho é ideal para acompanhar carnes brancas, peixes e porco, que possuem no preparo um certo grau de complexidade e tempeirados.

Vinícola: Sileni Estates, Cellar SelectionRegião: Hawke”s Bay, Nova ZelândiaUva: Pinot Noir (100%)Teor Alcoólico: 13,5%Maturação: 3 anos

Preço: R$ 70

 

 

Framingham, Pinot Noir 2009, Nova Zelândia

Importadora Zahil

Pinot Noir da região de Marlborough, na Nova Zelândia, localizado ao norte da Ilha Sul, um dos vales mais importantes para a produção de vinhos de qualidade do país.

Eleito como o melhor Pinot Noir da série, ele destaca no nariz notas de terra úmida, notas florais, champignons e fruta vermelha matura e uma leve nota de defumado.

Na boca apresenta uma excelente acidez e um final perssistente. Recomendamos harmonizar com clássicos da cozinha francesa como o Confit de Pato ou similar, acompanhado de cebolas caramelizadas. A temperatura ideal para degustar é de 15 a 16 graus.

Vinícola: FraminghamRegião: Marlborough, Nova ZelândiaUva: Pinot Noir (100%)Teor Alcoólico: 14,5%

Maturação: 5 anos

Preço: R$ 139

 

 

Onde comprar:

www.mistral.com.br
www.vinhoszahil.com.br

O Hyatt Wine Club é nossa série mensal de degustação de vinhos, que acontece toda terceira terça-feira do mês. A cada edição, temos uma programação especial com um tema específico, onde as importadoras parceiras apresentam rótulos de diferente regiões ou variedades, de acordo com o tema do mês. Para completar a noite,a música ao vivo e um buffet de aperitivos também temático dão o tom à esses encontros descontraídos e ideais para troca de informações sobre o mundo do vinho, reunir os amigos para um bom papo ou conhecer pessoas novas, de iniciantes a amantes inverterados da nobre bebida.