Além do espumante, que não pode faltar, tire suas dúvidas sobre o que servir no grande dia

 

Entre os detalhes que tornam uma festa inesquecível, estão as bebidas. Elas acompanham o menu, refrescam os convidados e, como não poderia deixar de ser, as bebidas para casamento têm um importante papel durante o brinde dos noivos.

 

Escolher adequadamente as bebidas que serão servidas aos convidados não é uma tarefa simples durante o planejamento do grande dia. A principal dúvida é em relação à quantidade de bebida que o evento deve ter.

 

Determinar o número de pessoas, o local da comemoração e o tipo de serviço é o ponto de partida. Um jantar apenas para os íntimos pode ser harmonizado apenas com vinhos. Já uma grande balada precisa ter mais variedades. Em um serviço à francesa, os convidados tendem a consumir menos, enquanto que no buffet, eles bebem mais.

 

A época do ano também faz a diferença para a escolha da quantidade e até mesmo do tipo de bebida. No verão, as pessoas ingerem mais líquidos, de preferência os mais frescos, enquanto que no inverno, a quantidade é menor e a pedida é por bebidas fortes e encorpadas.

 

Considere, ainda, a duração da festa e o perfil dos seus convidados. Se eles estão acostumados a beber pouco e a festa durará horas, menos bebidas. Convidados que bebem muito e festas que vão noite adentro precisam de um bom estoque – e o local correto para armazenar tudo isso.

 

Outra dúvida muito frequente entre os casais que estão prestes a subir ao altar são as bebidas para casamento mais adequadas. É claro que a resposta dependerá das preferências dos casais, porém, as que fazem sucesso em qualquer comemoração são:

 

Espumante

 

Espumante para Casamento

 

Ele não pode faltar no casamento, pois é essencial para o brinde dos noivos. Além disso, pode ser consumido pelos convidados junto com a sobremesa ou até mesmo durante toda a festa.

 

Existem três bebidas espumantes: o espumante, que passa por duas fermentações, sendo a segunda dentro da própria garrafa, o Champagne, que recebe esse nome devido à região onde é produzido, e o Prosecco, feito com uma uva italiana e fermentado duas vezes, uma delas fora da garrafa.

 

O mais comum nos casamentos atualmente é o Brut Rosé, que combina perfeitamente com o bolo e os docinhos, é suave, adocicado e agrada a maioria dos paladares. Entretanto, independentemente da escolha, as garrafas devem estar na temperatura ideal para serem servidas.

 

Vinho

 

Vinho para Cerimônia de casamento

 

O vinho é ideal para complementar o menu do grande dia e satisfazer a preferência da maioria dos convidados.

 

Ele pode ser servido juntamente com os pratos, apenas no início da festa ou durante todo o evento. 

 

Nos dias quentes ou em almoços, a preferência deve ser pelo rosé ou pelo branco, enquanto que no inverno ou em jantares, os tintos são mais indicados. Sirva apenas dois rótulos e tipos diferentes para garantir que eles serão consumidos sem desperdício.  

 

Caipirinha

 

Caipirinha para Casamento

 

Caipirinhas são bebidas muito versáteis que podem ser facilmente adaptadas para agradar os convidados. Investir em um bar apenas para a bebida é uma opção comum em casamentos jovens, com clima de balada.

 

Para ser um dos locais mais disputados da festa, o bar de caipirinha precisa contar com uma boa seleção de bebidas, como cachaça, saquê e vodca, e com diversidade de frutas – do limão, a mais clássica, até a romã e a jabuticaba.

 

É muito importante contratar barmen profissionais para a ocasião. Eles saberão misturar os sabores e, ainda, decorar os drinks de forma a surpreender seus convidados.

 

Cerveja

 

Cerveja para Casamento

 

A cerveja é a preferência nacional quando se fala em bebidas. Portanto, ela precisa estar presente no seu casamento, independentemente do horário, do local e do tipo de evento.

 

Para não errar, sirva uma ou duas opções de rótulos tradicionais encontrados no mercado. Entretanto, as festas mais formais pedem por rótulos especiais. As cervejas sem álcool também podem ser servidas, já que muitos convidados voltarão para casa dirigindo.

 

A bebida pode ser uma alternativa ao vinho para harmonizar com o menu do casamento. Para a harmonização adequada, é preciso conhecer características sensoriais dos pratos e das cervejas.

 

Água

 

É a bebida para casamento mais importante. Além de ser essencial para a hidratação e para evitar que os convidados fiquem embriagados, ela será consumida por adultos que não ingerem bebidas alcoólicas e por crianças.

 

Elas devem ser servidas durante toda a festa, porém, tende a ser mais consumida nos momentos finais, desde a sobremesa até a saída dos convidados. Tenha água natural e gelada. A água com gás não é obrigatória, mas podem acompanhar o café na saída.

 

Os casais que querem inovar podem personalizar garrafas de água para torná-las parte da decoração e da memória dos convidados.