Esta iguaria foi criada para celebrar a famosa competição de ciclistas Paris-Brest, onde os competidores partem da capital francesa e percorrem 1.200 km até chegar à cidade de Brest. Em 1891, mesmo ano em que ocorreu a primeira edição da competição, um chef decidiu elaborar uma receita para celebrar o evento. Ele criou então uma sobremesa redonda cujo formato se assemelhava a uma roda de bicicleta e fez muito sucesso em meio às cozinhas da França.

Aqui no Grand Hyatt São Paulo, nosso chef não quis ficar para trás nesta competição e decidiu elaborar sua própria versão deste famoso docinho francês. Revelamos para você agora os segredos dessa iguaria que possui mais de 100 anos de tradição:

 

Ingredientes

Preparação do pâte à choux (massa)

  • 500 ml de água
  • 200gr de manteiga
  • 10 gr de sal
  • 300 gr de farinha de trigo
  • 8 a 10 ovos inteiros
  • 1 gema de ovo para dourar.
  • Amêndoas tostadas e fatiadas

Crème pâtissière (confeiteiro)

  • 3 gemas
  • 50 gr de açúcar
  • 40 gr de farinha de trigo
  • 250 ml de leite

Crème de praliné finição

  • 500 gr de pasta de avelã
  • 220 gr de creme de leite
  • 260 gr de creme de leite batido
  • 1 folha de gelatina
  • 140 gr de creme de confeiteiro

Para finalizar

  • Açúcar de confeiteiro

 

Modo de preparo

 

Pâte à choux

Em uma panela, esquente a água, o açúcar, o sal e a manteiga. Misture e, depois de ferver, acrescente a farinha de trigo. Com a panela ainda no fogo, mexa bem até que a massa formada comece a grudar no fundo da panela. Este é um sinal de que ela já secou.

Retire a massa ainda quente da panela e leve à batedeira. Comece a bater e acrescente os ovos aos poucos.

Quando a massa estiver homogênea, retire da batedeira e coloque em um saco de confeiteiro.

Coloque uma folha de papel manteiga sobre uma forma retangular. Com a ajuda do saco de confeiteiro, distribua a massa em formato de rosca.

Pincele com gema de ovo e coloque as amêndoas tostadas por cima. Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC por, aproximadamente, 20 a 30 minutos. Retire do forno e, depois que esfriar, corte a rosca ao meio deixando uma metade inferior e uma superior.

Aqui vão duas dicas para você! Primeira dica: Caso não tenha um saco de confeiteiro, você pode pegar um saco plástico de supermercado usado para embalar legumes ou frutas. Preencha o mesmo com a massa e faça um furo em uma das pontas.

A segunda dica é que você pode substituir as amêndoas tostadas por amendoim ou castanha-de-caju.

 

Crème pâtissière (confeiteiro)

Em uma panela, coloque o açúcar, a farinha, o leite e as gemas. Leve ao fogo mexendo sempre até criar uma consistência mais grossa. Deixe esfriar na geladeira.

 

Crème de praliné (finalização)

Em uma panela, esquente o leite e a pasta de avelã, derreta a folha de gelatina após molhá-la na água.

Quando estiver frio, misture com o creme de confeiteiro e finalize com creme batido.

 

Finalizar montagem

Com a ajuda de um saco de confeiteiro, recheie a parte de baixo da rosca com o crème de praliné.

Cubra com a metade superior da massa.  Cubra a rosca com açúcar de confeiteiro e decore a gosto com praliné rosa. Você pode servir com sorvete de creme ou iogurte, ou também com morangos e folha de hortelã.